A Ludoterapia é a psicoterapia adaptada para o tratamento infantil. Através da brincadeira a criança projeta seus desejos inconscientes, seus medos e angustias.

A técnica do brincar ajuda a criança a se comunicar com o terapeuta e este com sua habilidade, passará a interpretar os seus impulsos inconscientes, que servirá de alívio para suas angustias.

A partir da compreensão do mundo interno e a dinâmica de funcionamento da criança, através do vínculo terapêutico os dois, paciente e terapeuta vão formando um par analítico, que é imprescindível para que ocorra o desenvolvimento emocional da criança.

Para isso, buscam-se instrumentos através dos quais as projeções são facilitadas, brinquedos, e jogos adequados para cada idade e perfil de cada criança, bem como são vários os tipos de brincadeiras que ao longo do processo vão sendo desenvolvidas, tudo de acordo com a condição mais favorável para a terapêutica. 

Existem casos em que as crianças reagem de outra maneira, ou seja, recusa-se ao vínculo, por possíveis motivações internas, porem a maioria das crianças adere facilmente a ludoterapia e adquire confiança suficiente no Psicólogo para se expor , brincando livremente.

Comumente, por se tratar de um ambiente acolhedor, em que a criança se sente compreendida e acolhida, ela passa a se comunicar mais através do lúdico, permitindo ao psicólogo intervir no sintoma.